Em primeiro lugar vamos destacar a audiência do capítulo de ‘Agent Carter’ dessa semana: este capítulo foi visto por 2,90 milhões de espectadores, um pouco menos que o episódio da semana passada. A verdade é que os telespectadores  dos EUA não estão muito interessados na série da agente Peggy Carter, o que trás para a série o fantasma de um possível cancelamento.

Vamos aos comentário:
– No capítulo dessa semana Howard Stark (Dominic Cooper) retorna para a série e faz isso com destaque, ajudando Peggy a decifrar os mistérios dos princípios por trás da Matéria Zero.
– Também vemos como a Guerra Fria vai ditando a atmosfera da série, envolvendo o falecido Dr. Wilkes, fazendo-o parecer ser um espião comunista.
– Peggy decide investigar o misterioso Arena Club, que os espectadores já sabem fazer parte da Hydra. Infelizmente o clube não aceita mulheres.

– Com a ajuda de Howard (destacando os problemas anatômicos óbvios de Peggy se passar por homem) ela descobre uma conspiração no clube que está ditando o futuro dos EUA, chegando a todos os setores: imprensa, política…
– Descobre-se então que o Dr. Wilkes não está morto, mas sim que está em outro plano de existência, que só é perceptível com uma fórmula projetada por Howard Stark.
– Peggy decide investigar Whitney Frost, que por medo da determinação da agente ordena sua execução. No entanto, Peggy com a ajuda de Jarvis consegue escapar de seu agressor.
– Peggy indaga mais sobre a figura de Frost, descobrindo que seu nome verdadeiro é Agnes Cully, que por sua vez é o cérebro por trás de Isodyne.
– Enquanto isso descobrimos as alianças de Vernon Masters, que tem ligações com o Arena Club e tenta atraí-la para Jack Thompson.
– Finalmente vemos como a exposição à Matéria Zero afetou Whitney Frost. Esta, sem querer, assassina um agente com uma espécie de substância alienígena, parecida com o simbionte de Homem Aranha e a cicatriz em seu rosto torna-se maior.

aQeO9XW