Este novo capítulo de ‘Arrow’ não foi importante apenas para Felicity, que ganhou seu próprio codinome, mas também para Diggle, que se afastou da estagnação que tinha sido submetido graças ao enredo do seu irmão.

No que diz respeito ao público, a série manteve-se estável esta semana, atingindo 2,75 milhões de telespectadores e continuando estável nesta temporada.

Abaixo os comentários e cuidado com os SPOILERS.

– Como já noticiado no site, Felicity ganhou neste episódio o seu codinome: Overwatch.
– Agora toda a equipe do arqueiro tem codinomes: Arqueiro Verde, Canário Negro, Speedy, Spartan e Overwatch.
– Voltamos a ver uma Felicity gótica, em decorrência das alucinações causadas pela medicação.
– Amanda Waller morre assassinada pelo tenente Joyner (mais uma personagem que sai de cena pouco antes da sua versão cinematográfica estrear).
– A série já está na sua quarta temporada e criou toda uma mitologia que lhe permite ser referência para si própria. Quando Oliver propõe um brinde em memória a Waller, Felicity relembra que a dois anos ela estava prestes a explodir a cidade com um míssil, tudo isso para deter o Exterminador.
– Jhon volta é forçado a confiar em seu irmão Andy novamente devido as circunstâncias.
– Shadowspire é a organização do mal que deve ser derrotada neste momento. Nos quadrinhos ela surgiu na série do ‘Exterminador’ e é dirigida pela Barão Reiter, o homem que este ano protagoniza os flashbacks na ilha. Aqui também o vemos, mas devido a uma memória de Andy, que o conheceu quando ele estava no Afeganistão.
– Vemos novamente o logotipo das Indústrias Kord em caminhões, a série gosta de nos lembrar que, neste universo, há o Besouro Azul original.awol